Notícias

Em frente a ciclofaixa, comércio floresce conquistando ciclistas em Fortaleza

Um espaço de convivência à sombra de uma mangueira em plena avenida Antônio Sales, uma das mais movimentadas de Fortaleza. Com várias opções de cafés, bebidas geladas, quitutes e cortesias para os clientes como a possibilidade de tomar água de graça e decidir quanto vai pagar numa fatia de bolo. E tem ainda uma estação de manutenção de bicicletas, com ferramentas disponíveis para quem souber fazer os ajustes na própria bike. Estamos falando do Úrbici Café, iniciativa de Diego Vieira, 31.

Formado em contabilidade e militante da mobilidade urbana, Diego sentia falta de um local interessante e que recebesse bem ciclistas. Além disso, queria fugir da situação de trabalhar num escritório fechado. Em 2015, após conhecer a experiência do Bike Café, fundou o Úrbici no espaço onde funcionava uma banca de revistas.